domingo, 27 de agosto de 2017

Programas de culinária - Quarta parte

Boa noite amigos!

Ainda não havia comentado aqui, mas na grade de programação da NET temos mais um canal para quem gosta de um assunto muito bom: CULINÁRIA!!!!
É o canal 554 e se chama FOOD NETWORK (site:http://foodnetwork.com.br )


Exibe programas nacionais e internacionais, sendo sua programação 24 horas por dia, 7 dias por semana, voltada a programas com receitas, competições, comidas exósticas, drinques, enfim, para todos os gostos.
Vou destacar alguns que me chamam mais a atenção, não quer dizer que sejam os melhores, pois a classificação dos programas é um decisão particular de cada espectador, mas caso queira começar e não sabe por qual, aí vai:

- Lanchonetes Clássicas com Guy Fieri (Dinners, Drive-ins and Dives) - apresentado pelo chef Guy Fieri, que percorre o território americano apresentando barzinhos, lanchonetes e restaurantes com receitas de dar água na boca. Em cada programa ele visita, geralmente, 3 establecimentos diferentes, onde o chef ou o dono do local ensina a preparar a receita mais pedida. Além disso os frequentadores também relatam o que mais chama atenção neste prato apresentado e dão dicas de outras opções. Já assisti também alguns episódios gravados na Itália. Vale a pena! principalmente por que os pratos mais apresentados são pizzas, frutos do mar, hamburguers e carnes temperadas.... Guy Fieri também apresenta os programas Cozinha à La Fieri (Guy's Big Bite) e a Batalha dos Carrinhos (Guy's Grocery Games), sendo este último um programa que combina  humor, competição e muita inspiração dos participantes pois em algumas situações os ingredientes são determinados pelo apresentador.

- Duelo com Bobby Flay (Beat Bobby Flay) - este programa traz duas disputas: a primeira entre dois chefs que devem utilizar um ingrediente surpresa, sendo o prato avaliado por dois convidados que apresentam o programa. Aquele que fizer o melhor prato deverá enfrentar o chef  Bobby Flay no segundo round, tendo o privilégio de escolher o ingrediente principal. Os pratos são avaliados por 3 chefs convidados que fazem uma avaliação "as cegas" e só ficam sabendo quem preparou o prato vencedor após escolherem o melhor. Bobby Flay é um chef especialista em churrasco (americano, de grelha) e participa de outros programas como Academia de Superchefs (All-Stars Academy) e Food Network Star: A Próxima Estrela (Food Network Star).


- Drinques pelo Mundo (Booze Traveler) - o especialista em bebidas Jack Maxwell visita vários paises ao redor do mundo com uma missão "ingrata" experimentar os drinks mais populares nestes países (viu como é ingrata? kkkkk), em bares, na casa de amigos e guias, em pubs, enfim, aonde você menos imaginar Jack aproveita e degusta um drink!

Bem, se bateu a curiosidade, zapeia lá no 554 e aproveite! Ah, estava esquecendo: dos programas brasileiros o que eu mais aprecio é o Tempero na Mochila, onde o apresentador Pedro Benoliel visita cidades de vários estados do Brasil e prova pratos típicos, bebidas, etc. e depois faz uma receita com algum tempero ou ingrediente da culinária local.

Outros chefs com programas legais?
Ted Allen (Chopped)
Giada de Laurentis (Giada em Casa)
Andrew Zimmern (Comidas Exóticas)
Alton Brown (Mestre da Sabotagem).




Até a próxima!

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Massa ao pesto caseiro

Olá amigos!

Receita de final de domingo, neste dia 04 de junho de 2017: massa ao pesto caseiro.

Sempre ouvi falar de pesto feito com manjericão, com alguns outros ingredientes como castanha, queijo, etc.
Resolvi aproveitar alguns outros temperos da horta caseira e inveitei um pesto um pouco diferente. Vasmo conferir?

Ingredientes:

Folhas de manjericão
Folhas de sãlvia
Folhas de manjerona
Salsa
Cebolinha verde
Sementes de coentro
Cominho em pó
Gengibre em pó
Azeite de Oliva

Modo de fazer: bem simples, colheita da horta, lavar bem e retirar o excesso de água. No liquidificador colocar um quantia de cada tempero de forma proporcional, para equiparar o sabor. Colocar azeite de oliva em quantidade para permitir bater e triturar os temperos. Acrescentar o cominho e o gengibre e as sementes de coentro, um pouco de sal e bater novamente, se necessário colocar um pouco mais de azeite de oliva. 
Está pronto quando os temperos estiverem bem triturados e misturados ao azeite deixando com a consistência de um molho.
Aprontar a massa e separar. Em um  frigideira ou panela um pouco funda colocar um filete de azeite, fritar uns dois dentes de alho, colocar a massa e por cima colocar o pesto.Misturar bem.

Hum.....muito bom.....sem  falar nos benefícios destes temperos para a saúde!

O prato foi servido acompanhado de almondegas de frango feitas na fritadeira elétrica sem óleo (que valem uma postagem só para elas, pois também são muitosaborosas e com vários ingredientes saudáveis) com um toque de molho barbeque decorando.


domingo, 4 de junho de 2017

Você conhece ou já utilizou páprica defumada?

Olá amigos,

Páprica defumada. Isto mesmo. Já experimentou?
Muitos confundem a páprica defumada com a paprica picante.
A páprica defumada faz uma combinação bem interessante com condimentos de sabor adocicado, como mel, açucar mascavo ou molho barbeque.
Já expimentou temperar carne de porco?
Há algum tempo atrás fiz uma costela suína temperada com páprica defumada, pimenta, sal
E depois forno.....devidamente coberta com papel alimínio...umas 40 minutos em 180 graus
Depois retirei o papel alumínio e coloquei uma camada de molho barbeque por cima.....
 e mais uns 20 minutos para dourar.....
Ficou muito bom.....
Fotos? Não, hoje não....
Fica na imaginação de cada um....eu escrevo e fico lembrando do momento de quando degustei...
Está na hora de fazer de novo para registrar aqui para o Blog...

Um bom final de domingo!






segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Livro com receitas para as crianças

Olá amigos!

Continuando com o assunto criança na cozinha, o blog está divulgando um livro digital que contém receitas e outras informações relativas a culinária para as crianças. 

Achei bem interessante e baixei para a Giulia.

O livro se chama “Culinária - Receitas que as crianças gostam de fazer e comer”
e foi escrito pelas autoras Claudia Braga e Mari Ramos.

O livro é em .pdf e pode ser solicitado pelo casaeletrica@casaeletrica.art.br, após o envio do e-mail você receberá um link para o download gratuito. 

Outros trabalhos da Casa Elétrica você pode conhecer no site http://casaeletrica.art.br/site/            

Até a próxima! 

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Uma fritura de vez em quando não faz mal... Farinha PANKO.

Olá amigos,

Cuidar da saúde requer alguns cuidados com a alimentação. Não exagerar no açúcar, por exemplo, ajuda a evitar alguns problemas como diabetes. Não exagerar nas frituras ajuda a evitar o consumo grande de gordura, através do óleo que é utilizado, evitando entupimento de veias e artérias, aumento de peso entre outras consequencias.
Hoje vamos dar uma dica que vem da cozinha asiática (sobretudo no Japão) e que permite fritura porém com uma absorção menor de gordura.
Sim, isto é possível! E o segredo é a farinha PANKO. Ela é um tipo de farinha de rosca e serve para empanar alimentos. Um dos grandes benefícios é que não absorve tanta gordura, além de manter o sabor do que está sendo preparado e a crocância é incrível!
Cai bem com carnes brancas, camarões, carnes vermelhas, legumes, enfim, tudo o que a imaginação permitir!

E o Blog foi experimentar a PANKO. Olha só:

Ingredientes:

1 pacote de farinha PANKO (quase metade do pacote fica para uma próxima utilização!)
400 gramas de peito de frango sem pele e sem osso em fatias finas
400 gramas de filezinho de carne suína em fatias finas
2 ovos batidos
1 1/2 de Farinha de trigo
Óleo para fritura

O processo é bem simples: cada pedaço de carne deve ser passado na farinha de trigo, depois no ovo (deixar escorrer o excesso) e por último na farinha PANKO, deixando descansar por alguns minutos.


Enquanto isso aquecer o óleo (eu utilizei óleo de girassol) em uma panela ou frigideira um pouco funda, para evitar que fique saltando muita gordura.


Deixar no óleo até dourar dos dois lados, o segredo é cortar a carne fina evitando que fique crua por dentro, sem deixar a PANKO ficar muito escura.

Depois de pronto, deixar esfriar e escorrer em papel toalha.
Se quiser acompanhar com molho Tarê, Barbecue ou a base de Ketchup (molho rosé), fica melhor ainda o sabor!
Receita rápida e fácil de fazer, chegou aquela visita e te pegou despreparado(a)?
Carnes ou legumes, farinha PANKO e uma cervejinha, está pronto o happy hour.

Faça o teste e depois comente como ficou!

A farinha PANKO você encontra no Mercado Público e em vários supermercados  de Porto Alegre.

Até a próxima!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Férias!!! E a criançada pode se divertir sim, na cozinha!!!! Biscoitos da Vó Loy

Olá amigos!

Chegou o período de férias escolares.... e a pergunta que muitos pais fazem: o que fazer para as crianças aproveitarem o seu tempo? principalmente dias chuvosos e horários impróprios (devido ao sol) para piscina ou praia? Bem, tem várias ideias boas, criativas, mas particularmente acredito que existe uma atividade que, além de divertida, pode ser instrutiva: ir para a cozinha aprender culinária com receitas fáceis!!!
Sim, a culinária além de ser um passatempo muito interessante ajuda a criança a desenvolver autonomia e  criatividade, gosto por temperos, frutas, verduras, receitas diferentes, enfim, estimula os sentidos e isso acaba refletindo nos seus próximos anos de vida.
Lá em casa temos uma garotinha de 8 anos que já se vira em algumas coisas: faz ovo mole de micro-ondas, corta cebola, faz almôndegas, bem, aqui já temos assuntos para outras postagens.....
Vamos apresentar hoje uma receita de biscoitos caseiros, receita da vó Loy, que a Giulia testou e aprovou fazendo lá em casa:

Ingredientes:

3 xícaras de açúcar
200 gramas de manteiga sem sal
5 ovos
1 colher de sal amoníaco
1 xícara de leite
1 kg. e 200 gr. de farinha


Modo de preparo:

Colocar em uma tigela o açúcar, a manteiga ( deixar em temperatura ambiente para uso), o sal amoníaco e o  leite após ferver (colocar o leite devagar para que não exale um cheiro muito forte do sal amoníaco). Bater os ovos em separado e ir acrescentando aos poucos nesta tigela. Também acrescentar a farinha e ir misturando tudo até que a mistura que vai se formando fique molinha, mas soltando das mãos. Após misturar bem, deixar descansar por alguns minutos.

Pré aqueça o forno a 180 graus e escolha as formas a serem usadas e unte com farinha.
Tudo pronto vamos preparar os biscoitos: Com um rolo de macarrão abrir a massa em uma mesa (pode ser uma pedra como a da foto acima) e deixar a massa fina e uniforme.
Para fazer os biscoitos pode-se utilizar forminhas de vários modelos. Na falta destas formas uma xícara de cafezinho pode ajudar, ou então coloque a imaginação para funcionar fazendo letras do alfabeto, conchas do mar, etc!!!!

 
 
  Biscoitos prontos hora de ir para o forno!
 Um toque refinado e gostoso para os biscoitos é feito com uma calda com os seguintes ingredientes:

3 xícaras de açúcar
3 xícaras de agua
Cravo
Canela

Ferver até o ponto de fio, após retirar do fogo e passar nas bolachas ainda quentes. 
Retirando a canela dos ingredientes temos uma calda mais clara, podemos ver nas fotos abaixo esta diferença!
Pronto, agora é só deixar esfriar e guardar para os momentos de lanche!

Detalhe importante: um adulto deve acompanhar pois utilizamos forno e fogão durante a receita. E também dar dicas que facilitem o entendimento dos pequenos.

Boa diversão!!!

Até a próxima!!!